Notícias
Convenções
11 de Fevereiro de 2019
Tamanho da letra Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir
Em decisão unânime, trabalhadores da Unisys aprovam Acordo Coletivo de Trabalho 2018
Depois dos esforços e da pressão do Sindpd junto à empresa, funcionários receberão as cláusulas econômicas retroativas a maio do ano passado; categoria está ciente também do início das negociações de 2019



Os funcionários da Unisys aprovaram por unanimidade, em assembleia realizada na tarde desta sexta-feira (8), na sede da empresa, na capital, o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) referente ao período de 2018. Com data-base em maio, as negociações se prolongaram devido à intransigência da empresa em querer retirar direitos dos trabalhadores.

Depois da atuação do Sindicato, o Acordo foi fechado sem retrocesso nas conquistas dos empregados, com reajuste de 2%, retroativo a maio de 2018, e válido para todos os benefícios, como o vale-refeição.

Acompanhado dos diretores Paulo Roberto de Oliveira e José Hamilton Brandão Ferreira, Celso Lopes alertou os trabalhadores sobre as tentativas da empresa em retirar o vale-refeição durante as férias e licenças, o auxílio-alimentação e odontológico, além de insistirem embarrar a ampliação da licença-paternidade, a estabilidade sindical e tentar responsabilizar o Sindicato pela demora no fechamento do acordo.

O diretor também relembrou a luta e agradeceu aos trabalhadores pela confiança e paciência durante todo o processo negocial.

"O Acordo foi positivo, a assembleia atendeu a todas as minhas expectativas e tivemos todo apoio do trabalhador. Não foi necessário fazer nenhuma mobilização, só nossa paciência e a nossa resistência às colocações da empresa foram suficientes para a gente avançar e conseguir manter aquilo que já está conquistado, além de ter um índice de reajuste com ganho real", falou Lopes, que também explicou um pouco sobre as consequências da reforma trabalhista.

Em um momento de crise e incertezas do futuro, o trabalhador da Unisys Fernando Ferreira ficou contente pelo acordo apresentado pelo Sindpd.

"A atuação do Sindicato foi muito importante. Achei que ficou muito bem esclarecido este acordo e acredito que ficou razoável devido ao momento do Brasil", disse o funcionário, sócio do Sindpd.

Os diretores também informaram à categoria que aos valores-base para a Participação de Lucros e/ou Resultados (PLR) 2018 estão sendo auditados.







Compartilhe

LEIA TAMBÉM