Notícias
Responsabilidade Social
15 de Outubro de 2018
Tamanho da letra Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir
Com dia ensolarado, Festival Criança Feliz reúne cerca de 1.500 pessoas em comemoração ao Dia das Crianças
Em mais uma edição de sucesso, o Festival, promovido pelo Sindpd em parceria com a Igreja Quadrangular, permite a integração entre associados e moradores carentes do bairro de Santa Cecília



O dia 12 de outubro sempre foi especial para as crianças. Porém agora tem um gostinho mais especial para os associados do Sindpd e para as famílias que residem na região do bairro Santa Cecília. O Festival Criança Feliz, promovido pelo Sindicato em parceria com a Igreja Quadrangular, reuniu cerca de 1.500 pessoas, na última sexta-feira, para comemorar o feriado de Dia das Crianças.

Com muitas opções de brinquedo - pula-pula, infláveis, piscina de bolinha, futebol de sabão, entre outros -, a festa também teve as comidas gratuitas, como lanche, refrigerante e sorvete; esse ano também teve pipoca à vontade para todos os participantes. Para o presidente do Sindpd, Antonio Neto, a festa melhora a cada edição. "É um momento de celebrarmos, de aproveitar o dia com muitos shows, brincar e aproveitar esse dia lindo de comemoração", disse.

De acordo com a diretora Maria de Lourdes Claro, o evento sempre atende às expectativas do Sindicato. "É um momento que as crianças esperam todos os anos. É muito interessante as crianças virem com a família para brincar até o último minuto. Além disso, é uma data importante para as crianças, já que muitas delas não têm a mínima condição de ganhar alguma coisa ou praticar alguma atividade nesse dia, e fazemos o possível para atendê-los, para pelo menos dar um brinde para que, além das brincadeiras, possam levar uma lembrança para casa", salienta a diretora. O evento destacou, neste ano, a frase "muita alegria, aprendizado e diversão", ressaltando a importância de garantir o bem-estar da criança durante seu desenvolvimento.

Com shows especiais de dança, sapateado das crianças da Igreja Quadrangular e visitantes de Ibiúna e Bonfiglioli, o Festival Criança Feliz ficou ainda mais encorpado. "O Neto está sempre trabalhando para que sempre façamos esse evento sempre memorável. E, assim, completamos nove anos de comemoração", disse o pastor Davi, um dos organizadores do evento.

Momento de festa também é momento de conscientização

Esse ano, todas as pessoas que trabalharam no Festival vestiram camisetas alertando sobre o abuso infantil. De acordo com boletim divulgado pelo Ministério da Saúde, do total de 184.524 casos de abuso no País, 31,5% são contra crianças e 45% contra adolescentes.

Esses dados motivaram a inscrição "Abuso de Criança é covardia. Mas também é crime. Denuncie o abuso infantil. Disque 181" na camiseta de todos os que trabalharam no 9º Festival Criança Feliz.

A festa é, além de uma oportunidade de incentivar as crianças a serem crianças, uma esperança de conscientizar a população sobre o abuso infantil.

Reconhecimento

Ana Paiva, de 10 anos, participa há 3 anos da festa e conseguiu definir, com poucas palavras, o que o evento representa para ela. "Aqui eu faço sempre novos amigos. É por isso que eu peço para a minha mãe me trazer aqui", disse. "Não vejo a hora do meu irmão crescer para ir comigo nos brinquedos", falou, apontando para o pequeno Cristiano, de 9 meses.

A mãe de Ana e Cristiano, Selma, acredita que momentos como esse criam boas memórias nas crianças. "Hoje precisamos que nossas crianças sejam crianças, brinquem, pulem e tenham uma oportunidade de aproveitar, porque passa tão rápido, né?".

Morador da Santa Cecília, Álvaro Gomes, de 59 anos, estava acompanhado do neto Felipe, de 8 anos. "Eu nunca tinha vindo, é a primeira vez que eu decidi participar dessa festa e já estou gostando. Teve até show de sapateado", disse.

"E ainda tem pipoca de graça, eu gosto muito de pipoca", complementou Felipe, todo molhado por ter jogado futebol na espuma, um dos brinquedos da festa.

O brinde desse ano foi uma sacolinha com bola, doces e ioiô. "Muitas crianças ainda nem sabiam brincar com o ioiô", disse a diretora Maria de Lourdes. "Vale a pena fazer isso pelas crianças, que saem numa alegria só".









Compartilhe

LEIA TAMBÉM
Conheça o Sindpd Digital
Conheça o Sindpd Digital
POR QUE SE FILIAR?
Colônia de Férias
PESQUISAR BENEFÍCIO

Área ou segmento


Tipo

Categoria

Cidade



Buscar
Reservas de colônias


NOTÍCIAS MAIS...

Facebook do Neto

Últimas do Convergência Digital


Últimas do IDG NOW


Zap Neto
Zap Neto

CSB Zap
CSB Zap
Homenagens - mulher
Homenagens - 75

HOMENAGENS
HOMENAGENS

FGTS
FGTS