Notícias
Notícias
20 de Outubro de 2017
Tamanho da letra Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir
Monitora Soluções oferece sistema de trabalho home office e auxílio-educação para funcionários
160 serão beneficiados pelo ACT, que tem vigência de 04 de setembro de 2017 a 03 de setembro de 2018






Aprovado em assembleia, o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) para home office e auxílio-educação da Monitora Soluções contempla 160 funcionários.

De acordo com Daniel Forini, diretor do Sindpd que mediou as negociações, o acordo de home office, existente na empresa desde 2016, foi renovado pelo período de 04 de setembro de 2017 a 03 de setembro de 2018. "É a segunda vez que o acordo é celebrado, pois os trabalhadores sentem-se contemplados com as vantagens do home office, como proximidade da família, maior independência, redução do estresse decorrente do trânsito, alimentação mais saudável, incorporação da família à atividade e mais qualidade de vida", afirmou.

Para Adão Aparecido Leite do Amaral Junior, que está na empresa há quase 10 meses, o acordo foi satisfatório. "Cerca de 10 meses na empresa. Eu achei satisfatório, acho que favorece o empregado. É uma atitude bem legal, tanto da empresa quanto do próprio Sindpd. Sou sócio há 4 anos e já usei a casa da praia, uso cinema com frequência e a maioria dos benefícios que o Sindpd oferece", comentou o funcionário da Monitora.

Forini ressaltou que o home office está previsto na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) do Sindpd, na cláusula 28ª, a qual determina que as empresas que adotem esse sistema prestem suporte aos seus funcionários, como em casos de necessidade de acesso à internet e linha telefônica. "Fomos muito bem recebidos pelos trabalhadores, além de falar sobre a CCT e a cláusula do home office, divulgamos os benefícios do Sindpd, ressaltamos a importância da filiação e da participação nas assembleias de pauta", contou Forini.

No mesmo dia os funcionários aprovaram ainda o ACT para auxílio-educação, que prevê custeio para cursos de idiomas, certificações e aquisição de livros. "Os trabalhadores precisam ter esse estímulo para agir, seja qual for a situação, principalmente no local de trabalho, que é onde passam a maior parte do tempo, agindo e tomando decisões, podendo assim contribuir com a melhoria da produção, sendo bom para todos. Por esse motivo, é muito importante o funcionário ser bem remunerado não só em forma de salários, mas também com os benefícios sociais", concluiu o diretor ao falar do benefício.

Compartilhe

LEIA TAMBÉM