Notícias
Campanha Salarial
WhatsApp
03 de Outubro de 2022
Tamanho da letra Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir
Campanha Salarial! SINDPD convida trabalhadores da Dataprev para assembleia geral com a Pauta sobre Greve
A assembleia que será realizada na próxima quinta-feira (06), às 16h30, terá em sua pauta a apresentação, discussão e rejeição da proposta da empresa para o Acordo Coletivo 2022, rejeição da proposta PLR 2022, Deliberação de Greve por prazo indeterminado



O Sindpd realizará na próxima quinta-feira (06), às 16h30, assembleia geral virtual para deliberação, votação e possível rejeição das propostas do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) e a Participação nos Lucros e Resultados (PLR) para o ano base de 2022.

As negociações que se arrastam desde maio - e que ainda seguem sem que a empresa se disponha a garantir o mínimo, a reposição integral da inflação do período com base no INPC - teve a sua última mesa de negociação nacional realizada, dia 29 de setembro de 2022, quando a representação da Dataprev teve a desfaçatez de nem ao menos apresentar nova proposta econômica, e ainda pediu que houvesse voto de confiança na diretoria da empresa, garantindo que até o dia 10 de outubro apresentará uma proposta final.

Porém, essa dita proposta que a empresa pretende apresentar, segundo sua própria representação, antes deverá ser apresentada e aprovada por seu Conselho de Administração na data de hoje, (03), após aprovação nessa instância, será negociada ainda com a SEST e, Somente depois desse trâmite a proposta final do índice de reposição salarial pode ser apresentada à representação dos trabalhadores, o que pode levar mais tempo do que o pedido de "voto de confiança na diretoria", o que causaria ainda mais prejuízos aos trabalhadores que já estão há 5 meses com seus vencimentos e benefícios economicamente defasados, bem como aguarda a definição de negociação final da cláusula de saúde, no tocante à contratação de empresas de Plano de Saúde

Não obstante, quanto a PLR, Dataprev tenta emplacar divisão injusta da PLR, com 30% efetivamente fixo. A representação dos trabalhadores rejeitou imediatamente essa proposta.
Diante de toda essa problemática e dos pedidos da empresa, a representação dos trabalhadores, em sua última reunião, declarou sua indignação deixou claro que mobilizará os profissionais da empresa para eventual greve por tempo indeterminado, caso o compromisso da empresa de apresentar proposta decente no prazo estipulado não aconteça, que está prevista para 10 de outubro.
Seguiremos firme, sem abrir mão de nenhum direito! Participe da assembleia clicando aqui

Compartilhe

WhatsApp
LEIA TAMBÉM